Sign In
 
  Logotipo da Autoridade Nacional de Protecção Civil Subscreva o Boletim Mensal da ANPC
CONTACTOS
MAPA DO SITE
ENGLISH
Texto Normal Texto Grande Texto Sem Contraste Texto Com Contraste
PESQUISA
PERGUNTAS FREQUENTES
 SISTEMA NACIONAL
 AUTORIDADE NACIONAL
 BOMBEIROS
 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFÍCIOS
 RISCOS E VULNERABILIDADES
 EDUCAÇÃO E CIDADANIA
 RELAÇÕES INTERNACIONAIS
 LEGISLAÇÃO
 CONCURSOS
 LINKS ÚTEIS
FEB

 
INFORMAÇÃO POR DISTRITO
    Aveiro Beja Braga Bragança Castelo Branco Coimbra Évora Faro Guarda Leiria Lisboa Portalegre Porto Santarém Setúbal Viana do Castelo Vila Real Viseu
Facebook Twitter Flickr You Tube

Link para o Portal do Governo de Portugal

Link para informação sobre o Quadro de Referência Estratégico Nacional

Link para o clube da protecção civil

Link para o Livro Nós e os riscos

Link para a Escola Nacional de Bombeiros

Nobre Casa da Cidadania
RISCOS E VULNERABILIDADES  PÁGINA INICIAL 
 Apresentação
 Riscos Naturais
 Riscos Tecnológicos
 Estudo do Risco Sismico e de Tsunamis do Algarve
 Planos de Emergência
 Cartografia de Risco
 Infraestruturas Críticas
 Avaliação Nacional de Risco
Apresentação 
Riscos Naturais e Tecnológicos

O ser humano ocupa a superfície terrestre do planeta, organizado em sociedades cada vez mais complexas e artificiais, numa aparente harmonia com a natureza, mas sujeito a riscos e a fenómenos naturais intensos que comprometem, frequentemente, o equilíbrio entre o ambiente social e o ambiente natural.

A vulnerabilidade das diversas sociedades aos fenómenos naturais a aos riscos, por elas muitas vezes criados, reflete o diferente grau de preparação de cada uma face a esses fenómenos. Não é por acaso que o mesmo tipo de fenómeno, ocorrendo com a mesma intensidade em sociedades diferentes, pode provocar fortes disfunções numa, não afetando outras.

Só é pertinente referir catástrofes naturais quando, direta ou indiretamente, afetam a estrutura social de uma forma significativa. As catástrofes constituem processos de rotura entre o sistema social e o ambiente natural. Os riscos naturais a que estamos sujeitos são diversos, ocorrendo, por vezes, ciclicamente na mesma região.

Se, de facto, durante muitos séculos as catástrofes se limitaram aos fenómenos de origem natural, a evolução tecnológica, a criação de novos tipos de indústrias, a utilização de mais e maiores quantidades de substâncias perigosas faz surgir outro tipo de acontecimentos catastróficos – os acidentes tecnológicos, acontecimentos súbitos e não planeados, causadores de danos graves nos seres humanos e no ambiente.

    Avisos legais  | Ficha técnica | Gestor técnico