Sign In
 
  Logotipo da Autoridade Nacional de Protecção Civil Subscreva o Boletim Mensal da ANPC
CONTACTOS
MAPA DO SITE
ENGLISH
Texto Normal Texto Grande Texto Sem Contraste Texto Com Contraste
PESQUISA
PERGUNTAS FREQUENTES
 SISTEMA NACIONAL
 AUTORIDADE NACIONAL
 BOMBEIROS
 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFÍCIOS
 RISCOS E VULNERABILIDADES
 EDUCAÇÃO E CIDADANIA
 RELAÇÕES INTERNACIONAIS
 LEGISLAÇÃO
 CONCURSOS
 LINKS ÚTEIS
FEB

 
INFORMAÇÃO POR DISTRITO
    Aveiro Beja Braga Bragança Castelo Branco Coimbra Évora Faro Guarda Leiria Lisboa Portalegre Porto Santarém Setúbal Viana do Castelo Vila Real Viseu
Facebook Twitter Flickr You Tube

Link para o Portal do Governo de Portugal

Link para informação sobre o Quadro de Referência Estratégico Nacional

Link para o clube da protecção civil

Link para o Livro Nós e os riscos

Link para a Escola Nacional de Bombeiros

Nobre Casa da Cidadania
RELAÇÕES INTERNACIONAIS   
 Relações Internacionais
 Cooperação Bilateral
 Cooperação Multilateral
 União Europeia
 Organização do Tratado do Atlântico Norte
 Organização das Nações Unidas
 Conselho da Europa
 Associação Ibero-Americana de Organismos Governamentais de Defesa e Protecção Civil (AIAOGDPC)
 Organização Internacional de Protecção Civil
 Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)
Relações Internacionais 

A Proteção Civil é hoje uma preocupação presente, com lugar de destaque, nas principais agendas internacionais. As catástrofes não conhecem fronteiras, pelo que a cooperação internacional em matéria de Proteção Civil se assume como uma via cada vez mais fundamental para a melhoria da eficácia, quer ao nível da prevenção, quer das ações de resposta.

Em Portugal, o Ministério da Administração Interna é a entidade à qual compete assegurar a manutenção de relações no domínio da política de administração interna com a União Europeia, outros governos e organizações internacionais, sem prejuízo das atribuições próprias do Ministério dos Negócios Estrangeiros e no âmbito dos objetivos fixados para a política externa portuguesa.

À Comissão Nacional de Proteção Civil compete apreciar os acordos ou convenções sobre cooperação internacional em matéria de proteção civil bem como formular, junto do governo, pedidos de auxílio a outros países e às organizações internacionais, através dos órgãos competentes.

Por seu turno, A ANPC participa na execução da política de cooperação internacional do Estado Português, no domínio da proteção civil e, de acordo com as orientações estabelecidas, cabe ao seu Presidente, representar a ANPC nos organismos internacionais de proteção civil e planeamento civil de emergência de que o Estado Português faça parte.

Também a Lei de Bases da Proteção Civil (Lei nº 27/2006, de 3 de julho) prevê que no quadro dos compromissos internacionais e das normas aplicáveis do direito internacional, a atividade de proteção civil possa ser exercida fora do território nacional, em cooperação com Estados estrangeiros ou organizações internacionais de que Portugal seja parte.

Desta forma, a cooperação internacional em matéria de protecção civil desenvolve-se a dois níveis: através da Cooperação Bilateral e através da Cooperação Multilateral

    Avisos legais  | Ficha técnica | Gestor técnico